Tagged in: Curiosidades

7 fatos animais amplamente divulgados que são totalmente errados

Na escola nós aprendemos muito sobre alguns animais, assim como aprendemos na internet e em programas de TV. No entanto, existem diversas suposições que são passadas de geração em geração que estão totalmente erradas. A nossa forma de enxergar um animal ou o que sabemos sobre ele pode ter sido uma mentira desde sempre. Alguns estudos do passado foram realizados de forma errada e repassados, ficando impregnados na sociedade.

Com tantos mitos, nós da redação Fatos Desconhecidos resolvemos trazer essa matéria para vocês. Listamos alguns fatos animais amplamente acreditados que estão totalmente errados. Se você tem um amigo apaixonado pelo universo animal, compartilhe desde já essa matéria. Agora, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se com cada coisa listada aí abaixo. Não se esqueça de deixar o seu comentário aí embaixo.

1 – Zebra tem péssimas camuflagens

Olhando para esses animais com listras brancas e pretas, não pensamos que isso é para a camuflagem. Essa é a única explicação desde que o homem se deparou com uma zebra pela primeira vez. Pesquisadores criaram a teoria da camuflagem através de algumas observações. Eles notaram que as cores confusas ajudavam os animais a se misturar com o ambiente. No entanto, os pesquisadores não entendem bem isso, pois os seus predadores conseguem identificá-las em quase todos os tipos de luz. Além disso, eles conseguem sentir o cheiro das zebras bem antes de vê-las. Sendo assim, a camuflagem desse animal não é tão útil assim.

2 – Piranhas não tão assassinas

É real que esse animal tem dentes extremamente afiados e parece ter saído dos piores pesadelos. Cair em um lago infestado de piranhas é um dos maiores medos de diversas pessoas. No entanto, a crença de que atacam animais vivos ou até pessoas é um grande mito. Não existe um caso onde esses animais, em massa, mataram uma pessoa. Diferente dos filmes, as piranhas não matam os animais para se alimentar, até porque sua preferência é por carcaças já em decomposição.

3 – Pinguins malignos

Costumamos ver esse animal como uma criatura adorável e que vive bem no seu ambiente. Até o jeito que eles andam é bem fofo e encantador. No entanto, é bobeira acreditar que eles são dóceis e não se envolvem em coisas extremamente assustadoras. Os pinguins participam de atos de necrofilia e estupro com frequência. Isso foi provado pela primeira vez por um cientista britânico que estava estudando o comportamento da ave.

4 – Porcos limpos

A primeira coisa que vem a mente quando falamos “porco” é algo sujo, suado ou coisa do tipo, né? No entanto, esses animais não possuem glândulas sudoríparas em funcionamento. Por esse motivo, eles se refrescam na lama e, ao contrário do que as pessoas acreditam, eles são bastante limpos. Eles costumam ser obrigados a viver em meio as suas fezes e urinas. Na natureza, os porcos costumam se recusar a fazer as necessidades nos lugares onde vivem.

5 – Forfículas maternais

Esses animais conhecidos também como “tesourinhas” carregam o mito de entrarem em ouvidos humanos para botar seus ovos. Na verdade, não existe um caso conhecido onde isso tenha acontecido. Suas asas nem mesmo funcionam tão bem, o que torna o alcance dos ouvidos algo extremamente difícil para eles. Os tesourinhas também cuidam de seus filhotes melhor do que quase todos os outros insetos.

6 – Baratas mortais

O mito de que as baratas são os únicos animais capazes de sobreviver a uma aniquilação nuclear ganhou o mundo. Isso aconteceu por causa do acontecimento em Hiroshima e Nagasaki. Algumas baratas sobreviveram aos efeitos da radiação. No entanto, elas não são as únicas. Embora elas possuam uma maior resistência à radiação, alguns estudos provam que elas seriam os primeiros insetos a morrerem quando grandes bombas atingissem o solo.

7 – Preguiça bem disposta

A preguiça, como diz o nome, é o símbolo da preguiça em diversas partes do mundo. Isso começou quando os pesquisadores descobriram que o animal costuma dormir 16 horas por dia. No entanto, esse estudo foi realizado com animais de cativeiro, não os selvagens. Quando o estudo foi realizado com preguiças selvagens, descobriram que elas dormiam cerca de 9 horas por dia. A diferença é que as em cativeiro não precisam lutar para conseguir alimento.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento

Essa matéria 7 fatos animais amplamente divulgados que são totalmente errados foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 transtornos mentais mais comuns que você pode ter a qualquer momento

Todos nós enfrentamos problemas em diversas situações de nossas vidas. Acidentes são comuns e podem nos pegar de surpresa. Podemos sofrer algo ao sair de casa para mais um dia de atividades rotineiras. Sofrer um acidente no trabalho ou em qualquer lugar. Também existem os problemas com a nossa saúde mental que podem nos surpreender a qualquer momento.

Os diagnósticos de transtornos mentais estão crescendo cada vez mais e se tornando comuns em todas as idades. Como afirmamos, eles podem acontecer a qualquer momento e podemos enfrentar uma terrível crise em qualquer lugar.

É comprovado que pelo menos 20% da população mundial enfrenta problemas mentais em alguma fase de sua vida. Essas psicopatologias, como são chamadas, afetam de forma negativa a vida das pessoas. E pensando um pouco mais sobre esse assunto delicado, nós da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer essa matéria. Listamos alguns dos transtornos mentais mais comuns que você pode ter a qualquer momento.

1 – Transtornos de Ansiedade

A ansiedade nos afeta quando estamos diante de situações de estresse e incerteza. Esse transtorno é diagnosticado quando uma série de sintomas causa desconforto na forma de viver de uma pessoa. Pode acontecer quando menos esperamos e alterar a forma de vivermos em diferentes áreas da vida, como: relacionamentos amorosos, sociais, no trabalho e etc.

2 – Ataque de Pânico

Esse é um súbito início de terror ou um medo intenso. É marcado pela associação do sentimento de morte iminente. Os sintomas desse transtorno incluem muita falta de ar, palpitações, dor no peito e um grande desconforto. As pessoas podem sofrer com isso a qualquer momento e em qualquer lugar.

3 – Fobia Social

Esse é um transtorno de ansiedade bastante comum e não deve jamais ser confundido com timidez. Trata-se de um forte medo de situações onde se exige interação social. Quem sofre disso vive com medo da possibilidade de ser julgado pelos outros, de ser o centro das atenções, ser criticado ou humilhado. Essas pessoas costumam não comer em restaurantes, se apresentar em público e ir a eventos sociais.

4 – Agorafobia

Essa fobia é definida pelo medo de espaços abertos. Exemplos disso são as grandes avenidas, parques ou estádios. Na verdade, esse medo irracional é de ter um ataque de ansiedade ou pânico nesses lugares. Isso porque essa situação pode ser demasiadamente constrangedora.

5 – Transtorno de Humor

Como o nome diz, esse transtorno tem como principal característica a alteração de humor do indivíduo. Nela, existem alguns bastante conhecidos, como: o transtorno bipolar e o transtorno depressivo. Qualquer pessoa está sujeita a sofrer disso em qualquer momento.

6 – Anorexia Nervosa

Em uma sociedade onde as pessoas julgam os padrões de beleza, a anorexia acaba se tornando uma realidade triste que pode acontecer na vida de qualquer um a qualquer momento. Essa se caracteriza pela obsessão do controle da quantidade de comida que uma pessoa consome. É comum as pessoas terem uma distorção da imagem corporal. Quem sofre de anorexia costuma restringir a ingestão de comida e fazer uma dieta extrema.

7 – Transtorno Delirante

O transtorno delirante ou paranoia é o transtorno psicótico que se caracteriza por uma ou várias ideias delirantes. As pessoas que sofrem com isso estão convencidas de que algumas coisas estão acontecendo de verdade. Isso inclui o constante medo de uma perseguição ou coisas do tipo.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Essa matéria 7 transtornos mentais mais comuns que você pode ter a qualquer momento foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 coisas aparentemente modernas que são mais velhas do se imagina

Todos os dias a tecnologia surpreende as pessoas com novos produtos, dando assim mais praticidade na vida das pessoas. Algumas coisas modernas são tão geniais que ficamos nos perguntando como a ideia de fazer aquilo surgiu.

Mas segundo Mark Twain, “não existem novas ideias. Nós simplesmente pegamos coisas antigas e colocamos sobre novos conceitos”. Mesmo que você não concorde com essa afirmação, existem muitas tecnologias moderas que são apenas versões ‘atualizadas’ de criações do passado. E para mostrar isso nós da Fatos Desconhecidos trouxemos 7 coisas consideradas moderas que são mais antigas do que você imagina. Confira:

1 – Videogames

O conhecimento popular é que o Pong foi o primeiro videojogo lucrativo da história. Mas a verdade a verdade é que esse tipo de jogo já fazia a alegria das pessoas muito antes do lançamento do Pong em 1972. Em 1958, William Higinbotham trabalhava no Brookhaven National Laboratory, criando uma simulação para calcular trajetórias de mísseis. Assim surgiu o Tennis for Two.

2 – Telefones celulares

A ‘primeira’ chamada de celular foi feita em 1946. Muito antes dos smartphones, uma equipe da Bell Labs já teria disponibilizado um serviço de telefonia sem fio a 100 cidades. Como era algo novo, naturalmente era algo caro, por isso estava longe de ser uma coisa popular. Mas havia uma opção um pouco mais viável em 1922. Embora este dispositivo fosse rotulado de “telefone sem fio”, não era o que poderíamos considerar hoje um telefone celular. Era uma espécie de rádio que era usado para enviar mensagens.

3 – Sutiãs

O primeiro sutiã foi patenteado em 1914. Acredita-se que Mary Phelps criou a roupa de baixo como forma de ter apoio sem usar espartilho. Sua invenção era dois lenços costurados e amarrados em seu pescoço. Não era muito confortável, mas quando comparados aos espartilhos da época, era muito mais leve e menos restritivo.

Porém, uma descoberta recente mostra que a invenção do sutiã aconteceu em 1400. Uma equipe de estudiosos teria desenterrado um cofre de roupas antigas no Castelo Lengberg, localizado no Tirol, na Áustria. Dentro havia 2.700 fragmentos de tecido. Entre eles, sapatos, camisas e alguns exemplos de sutiãs medievais.

4 – Cigarro eletrônico

A História de Heródoto, um livro do século V a.C, relata que os antigos atiravam sementes de cânhamo em pedras quentes para vaporizá-las. Essa forma primitiva não seria usada hoje em dia. Mas o primeiro cigarro eletrônico foi inventando em 1500.

5 – Impressão 3D

A impressão 3D abriu uma  gama de possibilidades em indústrias. Mas apesar de só fazer sucesso agora ela já existe a mais de 30 anos. Em 1981, um instituto de pesquisa japonês teria criado o primeiro protótipo funcional de impressora 3D. Ela usou fotopolímeros para criar objetos sólidos.

6 – Carros elétricos

Carros elétricos são visto como sinônimos de modernidade, mas já existem a mais de 150 anos. Em meados de 1800, vários inventores estavam criando carros elétricos em pequena escala. O primeiro carro elétrico que foi bem-sucedido a veicular nos Estados Unidos foi em 1890. Mas muitos problemas rondavam os carros elétricos. As fontes ficavam confinadas às cidades, não podendo ser utilizado para fazer um viagem, por exemplo.

7 – Mídias Sociais

modernas

Em meados 1970, em Berkeley, um grupo de amigos decidiram criar um ‘sistema comunitário de boletins informativos’. Eles utilizaram computadores mainframe entre ligados, criando assim uma comunidade. Era bastante lento, mas as pessoas podiam utilizá-lo pra compartilhar informações, bastante parecido com as redes sociais de hoje.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Essa matéria 7 coisas aparentemente modernas que são mais velhas do se imagina foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 das mais interessantes (e talvez assustadoras) ferramentas médicas medievais

A medicina ao longo dos séculos passou por muitas mudanças. Várias pessoas foram submetidas a métodos e instrumentos bizarros até que tudo fosse aprimorado e chegasse aos modernos equipamentos que salvam milhões de vidas ao redor do mundo.

Hoje, listamos algumas ferramentas utilizadas por médicos e profissionais da saúde nos primórdios da historia da medicina. Os quais damos graças aos céus por elas já não pertencerem aos métodos utilizados hoje em dia. Confira!

1 – Inoculador, 1874

Essa ferramenta permitia que os profissionais da saúde na época pudessem vacinar as pessoas contra a varíola. Este instrumento era utilizado em pessoas já infectadas com a doença, onde as quatro lâminas do objeto eram penetradas nas pústulas onde a medicação seria administrada.

2 – A Cadeira de Palermo, Séc. XVIII

Esse móvel era utilizado pelas parteiras para auxiliá-las na hora de trazer os bebês a vida. A evolução dessas cadeiras posteriormente trouxeram “braços” mais resistentes e apoio para as pernas das futuras mamães.

3 – Seringa de mercúrio, 1545

Essa peça foi encontrada entre as carcaças do navio Tudor. Essa seringa, cheia de mercúrio tóxico, era usada para tratar os marinheiros com sífilis. A medicação era administrada em seus órgãos genitais.

4 – O kit de teste gravidez, 1980

Esse arcaico teste de gravidez foi o precursor dos modelos que conhecemos hoje em dia. Ele media os níveis do hormônio beta HCG na urina, assim como fazem os atuais. O grande problema é que não era tão simples assim manusear o equipamento. O procedimento dependia de muitas etapas, o que poderia colocar o resultado do exame em uma grande margem de erro.

5 – O kit de trepanação, 1771

Naquele período era muito comum imaginar que pessoas sofrendo de ataques epiléticos estavam sob possessão demoníaca. Dessa forma, eles abriam buracos na cabeça deles para “liberar os demônios” que ali estavam. Na verdade, a trepanação, ou como é chamado hoje em dia, craniotomia, era empregada para “curar” todas as doenças. Até mesmo enxaquecas.

6 – O berço de Utica, 1840

Esse “berço” era utilizado para manter os pacientes potencialmente agressivos de um manicômio no estado de Nova York, EUA. Era comum que eles fossem revestidos de palha para facilitar a limpeza. Nos anos 1900, eles foram substituídos por câmaras de restrição, camisas de força e lobotomias.

7 – Alicate dental, 1860

Esse alicate era utilizado para fazer uma espécie de canal e para a extração de dentes. Isso antes da invenção da anestesia. Esse instrumento era fabricado pelos norte-americanos no período da Guerra Civil.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Essa matéria 7 das mais interessantes (e talvez assustadoras) ferramentas médicas medievais foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 coisas que você provavelmente não sabe sobre a pílula do dia seguinte

Existem diversos métodos contraceptivos que podem ser utilizados para prevenir uma gravidez. Entre os mais comuns estão: caminha masculina, caminha feminina, anticoncepcional e, é claro, a famosa pílula do dia seguinte. Essa última é eficaz contra a gravidez e pode ser consumida até 72 horas após uma relação sexual.

Ela é utilizada geralmente em casos e emergência e não deve se tornar um hábito em hipótese alguma. As mulheres optam por tomar o comprimido quando acabam tendo uma relação sexual sem algum outro método. Os médicos costumam indicar apenas uma dose dessa medicação por ano. Isso visa evitar os efeitos colaterais que o uso em excesso pode trazer.

No entanto, não são muitas pessoas que sabem detalhes sobre essa pílula. Você mesmo, quanto realmente sabe a respeito da medicação?

1 – Não é um método abortivo

Diferente do que muitas pessoas acreditam, a pílula do dia seguinte é apenas uma forma de prevenir uma gravidez e não um método abortivo. Tanto que é recomendado tomar até no máximo 72 horas após uma relação sexual desprovida de prevenção.

2 – Não faz mal ao feto

Outra coisa que muitas pessoas acreditam é que, se tomar sem saber que está grávida, a pílula fará alguma mal ao feto. Isso não acontecerá e as mulheres não precisam se preocupar. Ela não interrompe uma gravidez que já aconteceu.

3 – São distribuídas gratuitamente

No Brasil, existem mais de dez marcas da pílula e elas são fornecidas na rede pública de saúde. A pessoa não precisa gastar dinheiro para conseguir.

4 – Quanto antes tomar, melhor é a reação

Mesmo que o prazo seja de até 72 horas, quanto mais rápido tomar, mais chances ela terá de funcionar. Como o remédio não precisa ser indicado pelo médico, você pode tomar rapidamente e sem uma receita médica.

5 – Não traz riscos

Quando tomada sem excesso (uma por ano), ela não traz grandes riscos a saúde da mulher. É claro que, como qualquer medicamento, ela mexe com o organismo. No entanto, não é exatamente uma bomba de hormônios como muitos acreditam.

6 – Deve tomar outra em caso de enjoo

Se ao tomar você sentir enjoo e vomitar no prazo de duas horas, o remédio ainda não terá apresentado efeitos ao seu corpo, então é recomendado tomar outra.

7 – Pode atrasar a menstruação

É normal atrasar a menstruação e alterar o ciclo menstrual da mulher. Esse é mais um dos motivos para nunca exagerar no uso e não ultrapassar o indicado pelos médicos.

E aí, você sabia essas coisas sobre a pílula? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Essa matéria 7 coisas que você provavelmente não sabe sobre a pílula do dia seguinte foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Centenas de alpinistas escalaram uma montanha e as imagens desse evento são incríveis

A parte mais alta de um penhasco ou pico nevado e com tempestade de uma montanha gelada pode ser um lugar difícil para criar belas imagens e fazer registros de fotos como uma forma de arte. Porém, Robert Bösch deu seu jeitinho para registrar imagens de grande escala de cima dos Alpes. Ele conseguiu fazer fotos envolvendo centenas de escaladores de montanhas enquanto enfrentavam os desafios da escalada.

Para celebrar o 150º aniversário da primeira escalada do cume do Matterhorn nos Alpes, por Edward Whymper e sua equipe, a empresa suíça de equipamentos de montanhismo chamada Mammut, pediu a Bösch para tirar uma foto especial para marcar a ocasião da campanha publicitária da marca em 2015.

Uma equipe de alpinistas subiu a cordilheira Hörnli do Matterhorn e acendeu luzes vermelhas que, ao amanhecer, iluminaram o caminho que Whymper levou com sua equipe para fazer a primeira ascensão bem-sucedida. O resultado não poderia ser outro, pois as fotos ficaram verdadeiramente maravilhosas. Confiram algumas das imagens abaixo.

#1

#2

#3

#4

#5

#6

#7

#8

#9

#10

#11

#12

#13

#14

Se você gostou das fotos, talvez você fique fascinado com o vídeo desse evento, confira:

E aí, gostou das imagens? Achou criativo a ideia da marca? Comente!

Essa matéria Centenas de alpinistas escalaram uma montanha e as imagens desse evento são incríveis foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.