A Fazenda 10: Gabi Prado se descontrola, chora e detona Nadja Pessoa

Gabi Prado e Evandro Santo em A Fazenda 10 (Foto: Divulgação)
Gabi Prado e Evandro Santo em A Fazenda 10 (Foto: Divulgação)

Em A Fazenda 10, reality show da Record, Nadja Pessoa e Gabi Prado protagonizaram mais uma briga nesta quarta-feira, 10 de outubro.

+A Fazenda: Rafael Ilha bate o sino e deve desistir do reality

No início da noite, Evandro Santo e Ana Paula Renault tiveram uma briga por conta da falta de água na casa. Nadja então chamou a jornalista de homofóbica.

+Segundo Sol: Com a vida em risco, Rosa é salva por Ícaro e Valentim

Gabi Prado procurou Evandro para tirar a história a limpo. “Não deixa essa mulher falar que a Ana Paula é homofóbica porque você sabe que ela não é. Por que você tá deixando essa car**** dessa mulher falar um negócio desse? Essa mulher está completamente louca, ela não foi homofóbica em nenhum momento com você. Agora você vai aplaudir esse tipo de mulher que fica falando coisa que não aconteceu? Até quando você vai deixar? Eu quase arrebentei a cara dela. Agora vou perder R$ 1,5 milhão por causa de uma mulher dessa do car****”?, gritou Gabi, chorando.

+Segundo Sol: Mãe de Laureta queima fortuna e vilã surta

O ex-Pânico se defendeu e disse que não acusou a ex-BBB de ser preconceituosa.. “Eu sei que ela não é homofóbica. Eu falei o que eu acho, eu não controlo o que a outra pessoa fala. A minha briga com Ana Paula é direta, eu não falei isso. Eu tava brigando, nem estava ouvindo o que estava acontecendo”, afirmou.

+Segundo Sol: Desmascarada, Karola toma medida desesperada e tira Valentim de circulação

Já dentro da casa, Gabi continuou gritando: “Ela é homofóbica, ela pega no pé dele desde sempre”. “Ela pega no pé porque não deu certo”, rebateu Catia. Gabi então alertou Fernanda Lacerda e disse que ela ‘passa a mão’ na cabeça de Nadja.

+Acerto ou tiro no pé? Globo “toma partido” em meio a guerra política e peita onda conservadora

“Eu quase perdi esse programa por causa de uma mulher dessa, que você fica do lado. Se você não levantar, se o Caique não levantar, se o Evandro não levantar, ela não tem coragem. Era do Evandro e da Ana Paula [a briga]. Isso pra mim é justiça, é de ver o que está certo e o que está errado”, finalizou a brasiliense.