Monthly Archives: January 2018

7 vezes que a humanidade tentou criar um super soldado

Vivemos em tempos difíceis e já tivemos que enfrentar grandes problemas no passado, incluindo as grandes guerras. O mundo já enfrentou duas Grandes Guerras Mundiais que deixaram milhões de soldados mortos em todo o planeta. Tememos que um dia aconteça a terceira Guerra Mundial, principalmente por causa do grande avanço tecnológico, que poderia resultar na destruição de nações inteiras. Os países se preparam o tempo inteiro para se defender caso isso aconteça. Nessa preparação, eles costumam implantar bases secretas em países aliados ou inimigos, criar armas tecnologicamente avançadas e, acredite ou não, investindo na criação de ‘super-soldados’.

Pensando um pouco sobre o assunto, a redação da Fatos Desconhecidos resolveu listar para vocês, caros leitores, algumas das vezes em que tentaram criar super soldados. O resultado dos estudos deixará todos vocês estupefatos. Compartilhe desde já com seus amigos para que todos possam conhecer isso e aproveite. Sem mais delongas, confiram com a gente.

1 – Poder do Cruzamento

Há quase 30 anos, Charles Taylor começou uma rebelião para derrubar o presidente da Sibéria, Samuel Doe. De acordo com o jornal Liberian Studies, alguns soldados da milícia de Charles foram para os campos de batalha vestidos de mulher, inclusive trajando vestidos de noivas. Além disso, usavam perucas rosas e acessórios brilhantes. Isso para ‘confundir as balas do inimigo’. A lógica disso tudo é que eles acreditavam que as balas perseguiam os homens, assim não atingiriam eles por pensarem que são mulheres.

2 – O Poder do Amor

Na Grécia, o amor era uma poderosa arma usada para batalha. Uma unidade de elite do exército era comprometida com 150 pares homossexuais. A ideia por trás disso é que os soldados lutariam mais bravamente se estivesse protegendo alguém que ama. Essa tática ajudou o exército a derrotar os espartanos duas vezes. O exército de 300 foi derrotado duas vezes por Tebas.

3 – O Poder das Drogas

De acordo com o pesquisador neuroquímico, Howard D. Fabing, a frota de guerreiros noruegueses costumavam se sair melhor nas batalhas após ingerir cogumelos alucinógenos. Os pesquisadores afirmam que os Bersekers lutaram tão ferozmente graças ao efeito da droga, eles acreditavam que estavam lutando contra dragões.

4 – Poder dos Gigantes

Algumas pessoas têm diversos hobbys, e um dos passatempos preferidos do rei Frederico William I, da Prússia, era brincar com seus gigantes. Ele era obcecado por pessoas altas e por isso criou um exército somente com pessoas a altura elevada. O seu exército era chamado de “Os gigantes de Potsdam”. Alguns se juntaram voluntariamente, enquanto outros eram sequestrados e forçados a entrar para o grupo. Eles levaram uma vida “tranquila”, não tendo nenhum confronto mortal e passavam a maior parte do tempo marchando em frente do rei.

5 – O Poder dos Psíquicos

Alguns anos atrás, o Ministério da Defesa do Reino Unido estudou usar ‘armas psíquicas’ na guerra. Depois de escolher um pequeno grupo, o Ministério percebeu que eles conseguiam adivinhar o conteúdo de alguns envelopes selados. O governo começou a acreditar que as pessoas realmente conseguiam usar esse tipo de força. Foi provado no final que o pequeno grupo que estavam acertando tinha apenas sorte.

6 – Poder do Paraíso

Os assassinos formavam um grupo pronto para morrer a qualquer momento pelo líder islâmico, Hassan-i Sabbah. Sabbah dava álcool com haxixe para eles e eles entravam em uma alucinação. Viam um lugar paradisíaco, com muitas mulheres lindas e uma mesa farta de comida. Após isso, acordavam no mundo real e seu líder afirmava que eles estavam no paraíso e que se quisessem ver isso, teriam que morrer por ele.

7 – Poder das Amazonas

Um dos regimes militares de Dahomey (África Ocidental) contava com uma unidade feminina de soldados que evoluíram dos caçadores de elefantes de Dahomey. Elas tinham um treinamento insano, como: escalar paredes com arbustos espinhosos sem mostrar dor e lutas corpo a corpo. Infelizmente os franceses exterminaram quase todas em um confronto, mas reconheceram a garra de cada uma.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria 7 vezes que a humanidade tentou criar um super soldado foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

O que acontece se uma pessoa comer duas salsichas toda semana?

O cachorro quente é uma das comidas preferidas das pessoas. Tanto pelo sabor incrível quanto pela praticidade e preço, o prato é muito buscado. Andando por grandes capitais, podemos encontrar diversos trailers vendendo o alimento das mais diversas formas e com vários recheios. Mas você já parou para se perguntar o quanto isso pode trazer de benefício ou malefício para sua vida? Se você não sabe, a carne processada pode fazer muito mal para a saúde, principalmente entre as mulheres e tudo isso pode ser comprovado com estudos. Um estudo foi publicado pela revista The European Journal os Câncer Fornece e isso deixou muitas pessoas que leram com um pé atrás.

A pesquisa relacionou o consumo exagerado desse alimento com o aumento  de pessoas com câncer de mama. Uma análise feita em mais de 260 mil mulheres pelo Instituto de Saúde e Bem-Estar da Universidade de Glasnow (Reino Unido) descobriu que o câncer de mama é mais provável nas mulheres que consomem pelo menos 9 gramas de carne processada por dia. Isso equivale a duas salsichas por semana. Com isso podemos perceber que o malefício é muito sério.

Cuidado com o consumo de carnes processadas

As carnes processadas são aquelas modificadas para se tornarem mais saborosas ou prolongar sua vida útil. Salsichas, bacon e mortadela são exemplos desse tipo de alimento. Embora gostemos muito de apreciar esse sabor, eles não trazem muitas coisas boas para o nosso organismo. Em 2015, a organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou após um estudo feito que as carnes processadas aumentam o risco de câncer de colorretal.

Um estudo posterior feito em 262.195 mulheres entre 49 e 69 anos confirmou o aumento de câncer de mama. Os pesquisadores ainda estudaram a carne vermelha e a taxaram como cancerígena para o ser humano. No total, 4.819 mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama durante o período de 7 anos de estudo. Em comparação às mulheres que tiveram menor ingestão de carnes processadas, aquelas que consumiam constantemente tiveram um risco 21% maior. Eles identificaram o aumento de 9% da doença nas mulheres após a menopausa graças ao alimento.

Você imaginava esses danos que a carne pode nos trazer? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria O que acontece se uma pessoa comer duas salsichas toda semana? foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 práticas religiosas extremamente estranhas encontradas pelo mundo

Existem diversas religiões no mundo inteiro e isso não é uma novidade para ninguém. Aqui mesmo no Brasil podemos encontrar diversas crenças. Entre elas, se destacam o cristianismo (dividido entre os católicos, evangélicos e vários outros), as religiões de origem africana e espíritas. Cada uma se destaca da sua maneira e utiliza de métodos diferentes para propagar a sua crença. Como afirmamos, a maioria das religiões tem pelo menos duas práticas incomuns e que não costumamos ver com frequência. Pensando um pouco mais sobre esse assunto, resolvemos listar algumas práticas religiosas mais ‘estranhas’ encontradas pelo mundo. Você vai ficar surpreso com o resultado da nossa pesquisa.

Aproveite para compartilhar com seus amigos e mostrar todas essas coisas. Caso saibam de alguma coisa relacionada ao tema, comenta pra gente aí embaixo. Sem mais delongas, confiram com a gente e se surpreendam com coisas que vocês provavelmente nunca imaginaram.

1 – Amputação dos dedos

Na tribo Dani, na Indonésia, eles mantém a crença de que devem cortar uma parte do corpo quando um parente morre. Essa parte são os dedos e isso acontece para agradar os fantasmas ancestrais. Antes de cortarem, eles prendem os dedos por 30 minutos para ‘amenizar’ a dor.

2 – Sugar sangue de bebês

Esse ritual é chamado de “metzitzah b’peh” e é um dos tipos de circuncisão dos judeus. Eles fazem um corte e sugam o sangue dos bebês. Curioso, não?

3 – Monges como comidas para abutres

Quando os monges budistas morrem, seus corpos são picados em pedaços e servidos para os abutres em alguma montanha. Esse ritual é chamado de “Tiang Zan”.

4 – Arremessar bebês das alturas

Essa é uma prática comum entre os hindus e muçulmanos. Eles jogam os bebês de locais altos para que outras pessoas o aparem com um lençol. Eles acreditam que essa prática fortalece as crianças. A torre do Templo Grishneshwar, de 15 metros, é um dos lugares mais comuns.

5 – Passear com os mortos

Na Indonésia, os familiares costumam manter os mortos em casa e tratar como vivos durante um tempo. Eles acreditam que o espírito só abandona o corpo quando acontece um funeral digno e especial.

6 – Carregar a noiva sob a brasa

Essa prática é comum em algumas religiões chinesas. O noivo tem que carregar sua noiva sobre brasas antes de chegar em casa. Esse ritual ‘faz’ com que a mulher tenha uma gravidez tranquila e um parto perfeito.

7 – Auto punição

Isso é “comum” entre alguns xiitas. Eles se autoflagelam com chibatadas nas costas até sangrarem. Existe um evento islâmico que visa celebrar o dia do martítio de Husayn ibn Ali, neto do profeta Maomé.

E aí, o que achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria 7 práticas religiosas extremamente estranhas encontradas pelo mundo foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 alimentos que você nunca deveria comer crus

Nos alimentamos diariamente, isso é um fato. Nesse período de 24 horas que tem um dia, comemos diversas coisas e quase nunca sabemos os benefícios que cada um trás. E para aproveitar melhor esses alimentos, antes é necessário aprender como prepará-los. Esse preparo não é apenas para deixá-lo mais saboroso, mas também aproveitar o máximo dos benefícios que cada um oferece para o nosso corpo e nossa saúde como um todo. Você provavelmente adora dar uma variada no cardápio as vezes e assim procurar lugares novos para um jantar, se deliciando das comidas tradicionais de outras regiões ou até países, não é mesmo? Saiba que isso oferece grandes riscos e nós explicamos o porque.

Em algumas regiões mais afastadas, as pessoas costumam ter outros hábitos alimentícios e isso inclui comidas cruas. É claro que algumas são ótimas, como as saladas, por exemplo, mas existem outras que jamais devem ser consumidas sem um preparo digno. Com preparo digno queremos dizer que uma fritura (quase nunca indicado), cozidas, grelhadas e preparadas de alguma outra forma. Não só pelo sabor, mas certas coisas que comemos cruas podem causar muito dano e nós resolvemos listar os alimentos que você jamais deverá comer cru. Aproveite para compartilhar com seus amigos e alertá-los. Sem mais delongas, confiram com a gente.

1 – Carne de porco

A carne de porco está sempre em primeiro lugar nesse tipo de lista. Esse alimento quando consumido cru pode causar triquinose, que é uma infecção provocada por larvas de trinchinella.

2 – Batata verde

Se a batata estiver verde, é bom não comer. Quando a batata fica muito tempo exposta ao sol, ela acaba desenvolvendo uma substância química chamada solanina, que pode ser extremamente tóxica quando consumida em grande quantidade. Os efeitos são: fadiga, dores de cabeça, náuseas e problemas de estômago.

3 – Ovos

Os ovos podem conter salmonela, uma bactéria que infeta um a cada 30 mil ovos. Ou seja, se consumido cru, pode causar grandes problemas.

4 – Carne de frango

O frango é facilmente contaminado em seu trajeto até chegar aos mercados e essa contaminação pode causar intoxicação alimentar. Sugere-se cozinhar sua carne em até pelo menos 75 graus. O ideal também é não lavá-lo antes de cozinhar, pois isso pode encher a cozinha de bactérias.

5 – Mandioca

A mandioca contém cianeto. A maior parte dessa toxina se encontra em suas folhas e acaba agindo como um mecanismo de defesa para não ser comida por insetos. Parte disso pode chegar as raízes, que é o que comemos. Cozinhar ou fritar a mandioca faz perder o risco de contaminação.

6 – Feijão vermelho

Esse tipo de alimento contém uma toxina chamada lectina. Comer ele cru pode causar náuseas, vômitos e diarreia. O mais ideal é deixar o alimento de molho por um tempo antes de cozinhá-los.

7 – Folhas de ruibarbo

Muitas pessoas acreditam que o ruibarbo é tóxico quando consumido cru, mas somente suas folhas são contaminadas. Nelas podemos encontrar um alto nível de ácido oxálico capazes de causar sérios danos aos rins, levando a morte em alguns casos.

E aí, você sabia disso? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria 7 alimentos que você nunca deveria comer crus foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 mortes famosas que foram causadas por animais

Lidar com a morte não é algo nada fácil. A perda de um amigo ou parente é sempre encarada de forma dolorosa por quem fica. Acontece que esse trágico evento pode vir a qualquer momento, de diversas maneiras… Até mesmo daquelas que menos esperamos. Será que você conhece algum caso em que animais foram responsáveis pela morte de alguém?

É um evento bastante raro, mas acontece. Ao longo da história, algumas personalidades famosas tiveram esse triste fim. Algumas, estavam no lugar errado e na hora errada. Outras, apenas foram traídas pela profissão que mais amavam. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 mortes famosas que foram causadas por animais. Dá uma olhada!

1 – Alexandre da Grécia

Coroado no ano de 1917, Alexandre se tornou o rei da Grécia. Na verdade, ele praticamente não tinha poder e atuava mais como uma espécie de fantoche, se envolvendo em alguns escândalos. O monarca, que havia apenas 27 anos, acabou se metendo em uma briga para defender seu cachorro. No entanto, ao contrário do que você possa imaginar, a briga foi com macacos grandes, literalmente. Ele sofreu ataques dos animais e ficou bastante ferido. Tudo aconteceu no dia 2 de outubro de 1920, mas o rei apenas faleceu no dia 25.

2 – Timothy Treadwell

Treadwell era um grande entusiasta de ursos. Também havia se consagrado como cineasta documental, sem contar suas outras atividades como naturalista, ambientalista, entre outros. Ele decidiu morar entre os ursos no litoral de um parque no Alasca. Infelizmente, o foca de suas paixão foi exatamente o responsável por sua morte.

No ano de 2003, ele e a namorada Amie Huguenard, foram atacados por um urso no mesmo parque em que moravam. Não resistiram aos graves ferimentos e morreram, servindo parcialmente, como alimento para a fera. Em 2005, o cineasta Werner Herzog produziu um documentário em homenagem à história de Treadwel.

3 – Diane Whipple

Diane era muito conhecida jogadora de lacrosse, um esporte nativo americano. Chegou a participar de duas Copas do Mundo específicas para o esporte. Morava em um apartamento em São Francisco, na Califórnia, quando no dia 26 de janeiro de 2001, acabou sendo atacada por dois cães, dentro do próprio prédio, enquanto chegava do mercado.

Aqueles eram cães de briga, que embora seja algo ilegal, ainda é praticado mundo afora. Tal fato explica o comportamento agressivo dos animais. A mulher sofreu uma alta perda de sangue e faleceu no mesmo dia, enquanto estava internada.

4 – Steve Irwin

Apelidado como “O caçador de crocodilos”, Irwin era um naturalista e especialista australiano em animais selvagens. No entanto, ganhou fama mundial assim que tomou frente do programa de TV “The Crocodile Hunter”, onde tinha encontros com crocodilos, cobras venenos e tantos outros animais selvagens, que assustavam seus telespectadores. Morreu no ano de 2006, após sofrer um ataque de arraia enquanto gravava cenas para seu mais novo documentário subaquático.

5 – Taylor Mitchell

A moça eram uma cantora e compositora canadense. Ficou famosa após estrear o álbum For Your Consideration. No entanto, a fama durou muito pouco. Enquanto visitava um parque na província canadense da Nova Escócia, acabou sofrendo um grave ataque de coiotes. Com apenas 19 anos de idade, Taylor morreu ainda no local devido à vasta perda de sangue. O acontecimento chocou pessoas do mundo todo, visto que esses animais nunca pareceram agressivos com humanos, pelo contrário… Demonstram medo e foge. O caso da jovem cantora foi o primeiro em que se registrou morte por coiotes.

6 – Jacky Boxberger

Boxberger foi um atleta francês, especialista em corridas de longa distância. Bateu recorde mundial nos 1500 metros e chegou a representar a França em 4 Jogos Olímpicos… Sem contar que também vencer a Maratona de Paris duas vezes. Um verdadeiro atleta, mas que teve sua vida ceifada de forma trágica. Enquanto aproveitava suas férias com a família, no país africano do Quênia, sofreu um ataque de elefante. Estava filmando o animal, situação que pareceu incomodar. Dessa forma, o elefante correu até ele e o jogou contra uma árvore. Foi esmagado até a morte.

7 – Marty Feldman

Feldman foi um ator, comediante e roteirista britânico, que se popularizou ainda mais por seus chamativos olhos. Bem, ao contrário de todos os outros da lista, ele não morreu exatamente por sofrer um ataque de animais, mas não deixa de ter morrido por culpa deles. Após consumir mariscos, contraiu uma grave infecção alimentar e não resistiu.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outras mortes famosas que fora provocadas por animais? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Essa matéria 7 mortes famosas que foram causadas por animais foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Essas são as coisas que o tamanho dos seus dedos podem dizer sobre você

Estamos sempre querendo saber algo a mais sobre o nosso comportamento, inclusive tentamos fazer previsões sobre o futuro. Seja através de um vidente ou lendo o horóscopo diário, não importa o método, buscamos essas informações. Você sabia que o tamanho dos seus dedos pode dizer muito sobre você? Um estudo realizado pela Universidade da Flórida explicou como os tamanhos dos dedos podem explicar coisas sobre o nosso corpo. Uma das coisas são os níveis de hormônios. Também podem revelar algumas doenças. Após o estudo ser divulgado, diversas teorias sobre isso surgiu instantaneamente, mostrando como esses hormônios podem interferir na personalidade de uma pessoa.

Homens que carregam um grande nível de testosterona podem ser mais atraentes para as mulheres. Por esse motivo, tendem a se tornar pessoas mais sociáveis e com uma auto estima mais elevada. Esse nível também pode fazer com que sejam mais agressivos e brigões. Já os homens que carregam um nível menor do hormônio apresentam um comportamento mais calmo, sensato e evitam conflitos. Pensamos um pouco mais sobre isso e resolvemos listar para vocês, leitores, como o tamanho dos dedos pode dizer sobre nós. Compartilhe com seus amigos e, sem mais delongas, vamos lá.

Anelar maior que o indicador

As pessoas que possuem o dedo anelar maior que o indicador geralmente recebem um maior nível de testosterona durante a vida. Por esse motivo, elas são mais atraentes e carismáticas. Elas preferem viver grandes desafios e sempre procuram por algo que as tirem da rotina calma e tranqüila. Essas pessoas conseguem exercer com facilidade as profissões que outras enfrentam dificuldades.

Anelar menor que o dedo indicador

Aqueles que possuem o dedo anelar menor que o indicador são autossuficientes e confiantes. Elas enfrentam dificuldades na hora de tomar uma iniciativa, principalmente em relacionamentos amorosos e tem problemas quanto às questões rotineiras. Essa autoconfiança se mistura com a dificuldade em se arriscar, viver coisas novas e fazer mudanças em algo que já está caminhando bem, mesmo sabendo que pode melhorar.

Anelar e indicador do mesmo tamanho

Essas pessoas costumam ser calmas e evitam conflitos. Conseguem conviver com pessoas que podem causar algum tipo de transtorno em sua vida. Quando decidem fazer algo, costumam se dedicar muito e fazer bem feito. Eles são do tipo de funcionário da empresa que dão o melhor de si no trabalho. Na vida amorosa, gostam de mimar o companheiro e expressam fidelidade a todo momento.

E aí, o que você achou disso? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria Essas são as coisas que o tamanho dos seus dedos podem dizer sobre você foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

7 coisas mais caras já vendidas e que não existem na vida real

Se você já jogou algum MMORPG (Massively Multiplayer Online Role-Playing Game) ou qualquer outro tipo de jogo online, já deve ter conhecimento que alguns games tem itens que tem valores inestimáveis. O fato é que existem pessoas no mundo real que pagariam uma fortuna por tais itens encontrados em jogos.

Pessoas fora desse mundo podem achar uma loucura gastar dinheiro em jogos, afinal é só um jogo, não é mesmo? No entanto, isso de adquirir tudo de um jogo pode até ser considerado uma coleção ou um hobbie normal. Bom, pensando nisso, nós da Fatos Desconhecidos trouxemos para nossos leitores 7 coisas mais caras vendidas que não existem no mundo real. Confira:

1 – Zeuzo – World of Wacraft

Zeuzo era o nome de um personagem do nível 70 Elfo Noturno, da classe ladino que foi comprad por um jogador em volta de Setembro de 2007 por um valor de US$ 10.000. Claro, a Blizzard, empresa que fornece o jogo não gostou muito da ideia de fazer esse tipo de transação em seu jogo e logo proibiu a prática.

2 – Faca de combate – Counter-Strike

O CS é um dos jogos mais conhecidos da atualidade, e não poderia ficar fora dessa lista, não é mesmo? A maioria das coisas que você compra dentro do jogo é pura estética e não afeta no gameplay. Mas um dos itens mais valorizados dentre do jogo e essa faca que pode sair por US$ 30.000.

3 – Ethereal Flames Wardog – Dota 2

A grande parte das pessoas provavelmente vão passar suas vidas sem gastar US$ 38.000 em um jogo. No Dota 2, os jogadores podem utilizar mensageiros, itens que podem transportar coisas de sua equipe para sua base. Eles são importantes, com certeza, mas não são tão importantes ao ponto de justificar essa despesa. Um jogador gastou quase 40 mil dólares com isso.

4 – Amsterdam – Second Life

Um dos jogos mais populares nos anos 2000 foi o Second Life. No jogo você criava um avatar e vivia em um mundo virtual. No jogo eles criaram uma réplica da cidade holandesa de Amsterdã, que logo foi vendida no eBay. Amsterdã virtual inclui o famoso Distrito da Luz Vermelha. O que é mais surpreendente sobre a venda desta cidade virtual é seu custo: US$ 50.000.

5 – Estação Espacial Palace – Entropia

Entropia é um MMORPG que permite que jogadores façam transações com dinheiro de verdade dentro do jogo. Você pode fazer um grande comércio dentro do jogo se você possuir os requisitos para isso. A mais cara de todas, a Estação Espacial Crystal Palace, foi vendida por US$ 330.000 em um leilão online.

6 – Club Neverdie – Entropia

O Club Neverdie é uma discoteca incrivelmente popular no mundo de Entropia. Já foi considerado o item mais caro virtualmente, vendido em 2005 por US$ 100.000. Sr. Jacobs conseguiu ver um pequeno retorno sobre seu investimento quando vendeu o local virtual por US$ 635.000 depois de dividi-lo e vender uma parte por US$ 300.000 e outra para um jogador chamado John Foma Kalun por US$ 335,000.

1 – Planet Calypso – Entropia

jogos

Quando Entropia foi lançado, tudo começou em um simples planeta chamado Calypso. Em um leilão ele foi vendido por US$ 6.000.000. Pode parecer um número absurdo, mas de acordo com MindArk, o planeta foi o lar de mais de US$ 428 milhões em transações player-to-player em 2010, ano anterior à compra.

E aí, o que acharam da matéria? Recomendamos também 8 games mais estranhos de Super Nintendo. Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Essa matéria 7 coisas mais caras já vendidas e que não existem na vida real foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Essas são as 7 coisas que você nunca deve colocar no microondas

Cientificamente, o microondas “é um tipo de radiação eletromagnética de mede frequências, que não são ionizantes, ou seja, ao interagir com a matéria, não remove elétrons e não forma íons.” Ficou confuso? Mas não se preocupe, esse não é o foco da nossa matéria. Na verdade, queremos mostrar para vocês algumas coisas que nunca devem ser colocadas no seu eletrodoméstico.

Já aconteceu de você colocar alguma coisa no microondas e de repente o alimento explodir? Bom, isso pode acontecer com muitas coisas e as vezes pode causar até acidentes. Por isso resolvemos fazer essa lista com algumas coisas para não colocar no microondas, confiram:

1 – Embalagens de cartolina

Mas por que não podemos colocar embalagens de cartolina no microondas? Pois bem, caros amigos, essas embalagens podem pegar fogo e até danificar o seu eletrodoméstico. Bom, não custa nada colocar em um recipiente adequado para não correr esse risco, concordam?

2 – Papel alumínio

De maneira alguma as coisas feitas de alumínio podem ir para o seu microondas. O papel alumínio, por ser mais fino, é ainda mais perigoso. Além disso, o material evita que sua comida seja aquecida porque o metal reflete as micro-ondas. Já os materiais mais finos absorvem as correntes elétricas e esquentam mais rápido, podendo causar facilmente um incêndio.

3 – Plástico

Não são todos, mas a maioria deles. Cerca de 95% dos plásticos liberam uma fumaça tóxica quando são aquecidos. Até mesmo alguns plásticos que são ditos adequados para colocar no microondas podem oferecer um grande perigo.

4 – Uvas

Mas por que diabos alguém iria colocar uma uva no microondas? Nós não sabemos, mas quem avisa amigo é! Algumas frutas como banana e maçã, por exemplo, perdem o sabor quando esquentadas no microondas, mas não oferecem perigo algum. Porém, acreditem vocês ou não, as uvas podem explodir dentro do microondas.

5 – Isopor

Pode parecer prático esquentar aquela marmita de isopor no seu eletrodoméstico, mas assim como o plástico, o isopor pode oferecer alguns perigos. Isso porque o material pode soltar um resíduo tóxico que se mistura com a comida.

6 – Canecas térmicas

As que foram feitas justamente para isso não tem problema algum. Mas a maioria dessas canecas tem alguma parte que é feita de um componente de aço inoxidável, e aí que mora o problema. As vezes pode acontecer apenas de sua bebida não esquentar, mas também pode trazer alguns danos ao seu eletrodoméstico.

7 – Carne congelada

Não é uma regra, apenas uma dica. Já viram como a carne fica nojenta quando você tenta descongelá-la no microondas? A carne fica aquecida, digamos assim, de maneira desigual. Por fora ela fica meio cozida e com uma textura duvidosa, mas por dentro continua congelada. As vezes dá para quebrar o galho, mas não é recomendável.

E aí, sabem de mais alguma coisa que nunca deve ser colocada no microondas?

Essa matéria Essas são as 7 coisas que você nunca deve colocar no microondas foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

9 fotos que já chocaram a população e hoje são totalmente normais

Décadas atrás, as coisas eram bem diferentes. Os costumes sociais eram outros, as atitudes, os estilos, a cultura e até as leis. Muitas coisas que temos hoje em dia não eram muito bem vistas em outras épocas. Era uma outra sociedade, com outros valores e ideais de vida. O ser humano se transforma com o tempo, dessa forma, a sociedade também se modifica. Existe uma eterna luta de interesses e ao longo do tempo diretos são perdidos e ganhos.

Como nós já dizemos, muitas coisas seriam simplesmente absurdas para as pessoas de gerações passadas. Aquele era outro tempo, outra época e as pessoas tinham uma cabeça completamente diferente da que nós temos hoje em dia. Com o passar das épocas, direitos de igualdade de gênero, sexual e racial foram se transformando. Da mesma forma como o próprio conceito da liberdade.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você um pouquinho mais sobre nossa história quanto seres humanos. Conheça 9 fotos que já chocaram a população e que hoje são totalmente normais. Muitas delas se tratam de direitos básicos como poder se sentar do lado de outra pessoa ou simplesmente praticar o esporte que você deseja.

1 – Comportamento ‘indecente’

A atriz, escritora e nadadora profissional, Annette Kellerman, foi presa por usar esse maiô. Ela foi acusada de comportamento indecente em 1907.

2 – Short e calças apertadas

Duas alemãs voltando para casa para trocar de roupa e ir para escola, pois não era considerado decente esse tipo de roupa.

3 – Tatuagens

Mod Wagner foi a primeira mulher a profissionalizar a tatuagem e a arte corporal, isso em 1907. Tatuagens hoje são bem mais comuns, inclusive você vê pessoas com essa arte em diversos estabelecimentos e lugares.

4 – Negros sentando com brancos

Essa foto foi tirada em 1960 nos Estados Unidos. Era mal visto por muitas pessoas brancas que negros se sentassem em estabelecimento destinados para pessoas de outras etnias. Na foto vemos o jovem sendo cercados por garotos caucasianos e recebendo ofensas e ameaças dos mesmos.

5 -Segregação nas escolas

Essa é Elizabeth Ekford em seu primeiro dia na escola, em 1957, após a lei contra segregação. Na foto ela recebe ameaças e olhares de discriminação.

6 -Mulheres esportistas

Catherine Schwitzer, em 1967, correu em uma maratona na cidade de Boston. Mulheres não eram permitidas no esporte. Na foto, os organizadores estão tentando expulsá-la do local.

7 – Negros, Brancos e Ônibus

Essa foto chocou a sociedade da época pois se tratava de dois negros sentados nas vagas reservadas para pessoas brancas. Provavelmente o homem levantado ali atrás cedeu o lugar aos dois.

8 – LGBT

Essa foto mostra uma festa privativa para gays e lésbicas na década de 50. Na época, era algo considerado depravado e imoral.

9 – Direito ao voto

Em 1906 isso era considerado algo simplesmente absurdo por uma grande porcentagem da população.

E aí, o que você achou da postagem? Deixe seu comentário e até a próxima!

Essa matéria 9 fotos que já chocaram a população e hoje são totalmente normais foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Saiba por que algumas pessoas são alérgicas a exercícios físicos

Saiba por que algumas pessoas são alérgicas a exercícios físicos

Você pode até achar que tem boas desculpas para não praticar exercícios físicos, mas algumas pessoas realmente apresentam reações alérgicas quando se submetem a atividades com esforço físico. As pessoas alérgicas a esportes e exercícios sofrem da chamada "anafilaxia induzida pelo exercício", uma condição que afeta cerca de 2% das pessoas do mundo. Os médicos acreditam que essa intolerância ao esforço físico cause uma reação alérgica, como manchas pelo corpo, coceiras e incapacidade de respirar. A anafilaxia induzida pelo exercício é basicamente uma alergia às atividades esportivas que se manifesta principalmente em exercícios mais vigorosos, como danças, ciclismo, corrida, tênis, entre outras modalidades. Em algumas pessoas mais sensíveis, a alergia pode aparecer até mesmo no caso de caminhadas leves. Apesar de não ser uma doença grave, ela pode obrigar as pessoas a abandonarem suas atividades físicas. A condição é bastante semelhante a outras alergias, e pode ser mais ou menos intensa de pessoa para pessoa. Durante uma reação alérgica, o sistema imunológico humano cria anticorpos, que são basicamente proteínas no sangue que combatem bactérias e corpos estranhos. Quando alguém com alergia a exercícios físicos faz esforços, os anticorpos são produzidos para lutar contra uma suposta ameaça. Os anticorpos liberam vários produtos químicos do sistema imunológico, como a histamina, que causa sintomas de alergia, como inflamações na pele. Os principais sintomas desse tipo de alergia são: urticária, rubor e, às vezes, problemas de digestão. Se uma pessoa alérgica não para de se exercitar, ela pode até mesmo sofrer o fechamento da garganta ou a queda da pressão arterial. Infelizmente, a única maneira de prevenir a alergia é praticar exercícios de menor intensidade. Vale ressaltar que a anafilaxia induzida pelo exercício é uma doença rara e que as pessoas que desconfiam que podem sofrer do problema devem procurar uma consulta médica com o especialista em alergias. De uma forma geral, a cessação da atividade física já resulta na melhoria imediata dos sintomas. Na fase inicial do problema, a maioria dos pacientes apresenta apenas uma urticária generalizada, mas, em casos mais graves e evoluídos, a alergia pode levar a cólicas, problemas respiratórios, náuseas, vômitos e dor de cabeça frontal e persistente por períodos que podem variar de 24 a 72 horas. O consumo de alguns tipos de alimentos após a realização dos exercícios físicos pode piorar ainda mais os quadros alérgicos, como trigo, amendoim, mariscos, milho e soja. Uma pesquisa científica conduzida por Peter Huynh, chefe do departamento de Alergia e Imunologia do Panorama City Medical Center, mostrou que atividades como futebol, corrida e equitação estão altamente associadas a este tipo de crise alérgica. Uma dica importante de prevenção apontada pelo estudo é evitar o exercício físico em clima extremamente úmido, quente ou frio. Fonte: Emedicine.