A insana história de Isaac Sprague, o verdadeiro “Esqueleto Humano”

Você já tinha ouvido falar em Freak Show? Traduzindo, eram os infames shows de aberrações, também conhecido como show de horrores. Eram eventos que tinham como objetivo a exibição de pessoas ou animais que possuíam algum tipo de anomalia relacionada a mutações genéticas ou defeitos físicos. Ocorriam frequentemente em circos e carnavais, principalmente entre os anos de 1840 até 1970.

Nós da Fatos Desconhecidos já fizemos uma matéria com os: 7 Freak Shows mais bizarros de todos os tempos, que mostra as mais comentadas atrações daqueles tempos.

Bom, hoje vamos apresentar Isaac W. Sprague, o homem que muitos conhecem como esqueleto vivo. Isaac nascem em 21 de maio de 1841 em East Bridgewaterm, Massachusetts Estados Unidos. Ele teria nascido como uma criança normal e teve uma infância completamente normal, até seus doze anos, quando começou a perder peso rapidamente.

Preocupados seus pais o proibiram de realizar atividades que exigiam qualquer uma despesa de energia superior ao normal. Mesmo assim, o menino continuou a perder peso. Apavorados seus pais os levaram aos melhores médicos da época. Infelizmente, os profissionais da época não encontraram uma explicação plausível para essa doença estranha. Graças a sua condição física, o garoto não era apito a realizar qualquer tipo de trabalho. Então ele virou aprendiz de sapateiro com seu pai e também trabalhou como lojista, mas todas as tarefas que lhe exigiam muita energia eram bastante dolorosas para ele.

Barnum Circus

Em 1865, enquanto visitavam um carnaval local, um promotor viu o garoto e lhe ofereceu um emprego. De primeira instancia Isaac recusou. Mas logo percebeu que poderia ganhar sua vida aproveitando de sua aparência. Apartir disso, IsaacW. Sprague começou a viajar sendo apresentado como o esqueleto vivo e rapidamente ganhou os holofotes. Em menos de um ano ele fez teste para o famoso Barnum Circus e foi contratado com um salário de US$ 80 por semana. Um dos shows que ele fazia era um ‘casamento’ que era celebrado entre ele e a ‘mulher mais gorda do mundo’. Ele deixou Barnum em 1868, depois de um incêndio em que ele quase veio a falecer. Ele teve uma esposa que se chamava Tamar Moore e teve três filhos que não sofreram a mesma doença que o pai.

Embora seu peso tenha tido algumas variações ao longo de sua vida, uma medida feita aos 44 anos revela que naquele instante, ele media 1,68 metros e pesava 19 quilos. Sua doença nunca foi conhecida, mas existia uma teoria que ele teria um extremo de atrofia muscular progressiva.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Essa matéria A insana história de Isaac Sprague, o verdadeiro “Esqueleto Humano” foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.