Esse homem foi declarado morto, mas algo inimaginável aconteceu

Já pensou ser declarado morto sem realmente ter ido dessa para melhor? Casos desse tipo já foram relatados antes e fizeram com que alguns fossem enterrados ainda com vida. Mesmo assim a maioria pode imaginar que esses casos não acontecem mais hoje e que a evolução da medicina deveria impedir esses ocorridos. Mas outro caso como esse veio a tona recentemente e muitos ficaram chocados ao descobrir que o homem que foi declarado morto na verdade ainda estava vivo.

O ano de 2018 parece ter começado cheio de surpresas. Ainda que os motivos para o estado do homem ainda não terem sido divulgados o caso é extremamente interessante e estranho ao mesmo tempo. O ocorrido aconteceu no dia 7 de janeiro deste ano e aconteceu na Villabona, em Astúrias. O homem era um prisioneiro do Centro Penitenciário de Villabona e foi declarado por não só um mas três médicos. Ele estava cumprindo uma pena de dois anos e meio por assaltos cometidos.

O ocorrido

Enquanto faziam uma vistoria geral nos prisioneiros, como de costume, eles perceberam um homem inconsciente em sua cela. Ele estava com parte do corpo deitado e não respondia a estímulos. Os médicos de plantão disponíveis no momento foram acionados até o local e o declararam morto. Ambos os médicos eram experientes, com 30 anos de profissão. A declaração feita por eles se deveu ao fato do homem não apresentar sinais vitais ao ser examinado.

Uma terceira avaliação foi registrada assim que um médico forense e a polícia judicial chegaram no local para verificar a situação. O terceiro médico fez então um outro relatório concordando com os dois feitos anteriormente. Permitindo então a transferência do mesmo para o necrotério de Oviedo. O prisioneiro declarado morto, de apenas 29 anos, começou então a apresentar alguns sinais vitais. Incluindo roncos e alguns movimentos. Depois disso ele foi enviado para o Hospital Universitário das Astúrias onde foi tratado e conseguiu se recuperar. Agora ele já se encontra estável.

Relatórios posteriores

De acordo com informações disponibilizadas depois do acontecimento, ele teria apresentado uma piora em seu estado e retornado para a UTI. Sua esposa  Katia Tarancón fez um depoimento contando um pouco mais sobre a situação. De acordo com ela, eles não sabem ao certo porque os seus sinais vitais estavam tão baixos mas aparentemente ele teria tentado se suicidar ao ingerir algumas drogas que adquiriu na prisão. Essa não teria sido a primeira vez que ele tenta se suicidar.

Outras informações afirmam que ele teria pedido ajuda e dito aos funcionários que não estava se sentindo bem, depois de ingerir as drogas. Porém, eles não fizeram nada e apenas o mandaram ir dormir. Sua esposa pretende encontrar justiça para seu marido. Entretanto a CSIF (União Independente de Trabalhadores Públicos) afirmou que os médicos teriam agido de forma profissional e seguido o protocolo corretamente. Não apresentando evidência de negligência. Uma investigação foi aberta pela Direção Geral das Instituições Penitenciárias para entender melhor o que teria acontecido.

O homem parece ter recebido uma nova oportunidade para viver. Ele possui uma esposa ao seu lado que está lutando pelos seus direitos e para defendê-lo. Além de cinco filhos com ela. As autoridades pretendem esclarecer logo o acontecimento e qualquer tipo de imprudência que possa ter ocorrido. Ainda sim a história é intrigante e perturbadora. O que acham?

Essa matéria Esse homem foi declarado morto, mas algo inimaginável aconteceu foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.