Semente de Girasol

É conhecido popularmente que o consumo da semente de girassol trás diversos benefícios a saúde, porém ainda existem muitas promessas e informações não embasadas que dificultam nosso entendimento de como essas sementes auxiliam na nossa saúde.

Sendo assim, nesse artigo nos propomos a trazer as informações mais fidedignas e embasadas para que você possa realizar o consumo dessas sementes sem preocupação e com a certeza de que elas estarão te ajudando no seu objetivo, seja ele emagrecer ou levar uma vida mai saudável.

Uma Oleoginosa

A semente de girassol faz parte do grupo das oleoginosas, ou seja elas possuem em seu interior um óleo com composições características próprias, e na sua parte exterior ela possui uma casca que compõe a estrutura da semente e conserva seu conteúdo.

Esse conteúdo como já foi dito é o óleo que é a parte mais rica em nutrientes do alimento, composto predominantemente por 2 compostos graxos, o Omega 6 e Omega 9, que são considerados óleos essenciais. O omega 6 não é sintetizado pelo nosso corpo e atua no controle do mau colesterol no nosso organismo, o LDL. Além disso ele também age auxiliando no aumento do bom, o HDL. Já o omega 9 também possui as mesmas funções mas não é produzido pelo corpo, porém necessita da presença do omega 6 para ser sintetizado.

Semente de Girassol

Eles exercem essa função pois no organismo são convertidos por nós em uma substância chamada eicosanóide que atua em diversos receptores do corpo exercendo o efeito benéfico do composto. Porém como todo excesso é maléfico, o consumo demasiado de omega 6 tem sido relacionado a doenças degenerativas como o Mal de Alzheimer, retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.

Além desses componentes, a semente quando torrada, ativa diversas vitaminas do complexo B, que estão associadas ao melhor funcionamento de diversas funções vitais como:

  • digestão
  • absorção de nutrientes
  • melhora da saúde
  • sistema nervoso
  • imune e endócrino, gerando uma diminuição do stress entre muitos outros.

E um dos exemplo que vale aprofundar aqui são os benefícios para o sistema endócrino.

O complexo B na verdade é um grupo de 8 vitaminas, cada uma com sua especificidade de ação. No caso daquela que alivia o stress é a vitamina B5, também conhecida como ácido pantotênico. Ela é considerada a vitamina anti-stress pois atuam na glândula supre renal, regulando a produção dos principais hormônios do corpo, que por sua vez regulam todos os outros sistemas. Por conta disso a semente de girassol também é indicada para o controle da TPM.

Semente de Girassol

A casca

Saindo do enfoque do óleo e nos voltando à casca da semente, essa é rica em fibras que auxiliam no controle da evacuação e consequentemente no emagrecimento e humor. Isso acontece pois quando você não vai ao banheiro periodicamente você tende a ter um inchaço abdominal que passa a impressão de uma circunferência abdominal maior, além de piorar muito seu humor, fato que quem sofre com constipações sabe muito bem como isso é ruim.

As fibras não são digeríveis e aumentam de tamanho quando em contato com a água. Esses 2 fatores aumentam o bolo fecal dando uma sensação de saciez. Esse mecanismo também está envolvido na questão da evacuação e se você tem interesse em saber mais afundo sobre isso veja nosso último artigo exclusivo sobre fibras.

Consumo

Você pode consumir essas sementes puras e torradas com ou sem casca.

Fica muito gostoso adicionar essas sementes ao iogurte, pois além de você estar comendo 2 alimentos muito nutritivos, a semente da uma consistência ao iogurte tornando a combinação um alimento mais maciço por conta da casca da semente, que consequentemente influi em uma maior saciez, de acordo com o mecanismo citado acima.

Mas se você gosta de cozinhar experimente adicionar sementes de girassol no preparo de pães, bolachas e saladas. Muitas receitas são simples e muito saboroas! Além de serem bem “mata fome”.

O artigo Semente de Girasol foi publicado pelo site Portal Dieta.